11 de julho de 2016

ENTREVISTA: Diego Davila

E aí nômades, tudo bem com vocês?

Hoje temos aqui uma entrevista com uma pessoa muito inteligente, viajada, dedicada, organizada e solidária: O Diego Davila.
Para quem não o conhece, segue um resuminho sobre esta pessoa incrível:

Caminho de Santiago de Compostela
O Diego Davila tem 36 anos, mora na Flórida - EUA, é formado no curso de Ciências da Computação na UFSC e trabalhou nesta área por alguns anos. Três anos atrás decidiu sair do mundo corporativo para se dedicar exclusivamente a fazer o que ama, e assim, ter mais liberdade para viajar e aproveitar a vida.
Bom, acredito que com isso já dê pra ter uma ideia de como o Diego é, apesar de que há muito mais para saber sobre ele, o que ele faz, como ele ganha a vida e o que o motiva a viajar. Seguem as perguntas que fiz para ele:
1 - Qual sua relação com viagens e o que mais te motiva a querer viajar?
"Eu amo viajar. Gosto muito mesmo. Sempre viajei desde pequeno, com a minha família e eu gosto especialmente de natureza e aventura. O que me motiva a viajar é conhecer lugares maravilhosos, conhecer paisagens exóticas e lugares que pouca gente conhece. Nós vamos muito a vulcões, fazemos Hiking no Grand Canyon e todos estes tipos de coisas envolvendo aventura e natureza. Conhecer outras culturas e países e conhecer pessoas diferentes, também são pontos que me motivam a querer viajar e acredito que só uma viagem consegue te proporcionar isso.

Grand Canyon
2 - Quando começou a gostar de viajar ou decidiu viajar pela primeira vez? Como tomou esta decisão, como se organizou e o que te motivou?
"Comecei a viajar desde pequeno com a minha família. Nós morávamos no Paraguai e vinhamos passar sempre 1 mês de férias em Balneário Camboriú-SC. Depois disto, o que mais me motivou a viajar foi o caminho de Santiago, que é um caminho de aproximadamente 800 quilômetros percorrido apé pela Espanha em 34 dias. Percorri o 'Caminho Francês' em 2014 e vou novamente em breve para fazer o 'Caminho Português', que são 24 dias de caminhada, saindo de Lisboa e indo até Santiago de Compostela. Muito lindo! O caminho de Santiago é fantástico! Hoje em dia eu ajudo quem quer fazer este caminho em todos os sentidos, desde a organização e preparação para a viagem, até como ter a melhor experiência possível com a viagem em si. Se tiver interesse em saber mais sobre meu curso/guia de preparação para o Caminho de Santiago, clique aqui! Este é com certeza o melhor e mais completo material para quem pretende fazer o Caminho de Santiago.

3 - Onde mora no momento? Há quanto tempo está neste lugar? Porque o escolheu?
"Moramos por aproximadamente 10 anos em Florianópolis-SC, depois por aproximadamente 2 anos em Vancouver (Canadá) onde trabalhei na área de TI. Fizemos muitas viagens pelo Canadá, pois é um lugar incrível. Depois disso, moramos por 3 anos em Portland (Estados Unidos) e finalmente, agora estamos morando na Flórida (EUA), em West Palm Beach, lugar que eu chamo de 'paraíso na terra'. É um lugar espetacular cheio de praias, onde nos sentimos bem, podemos praticar esportes, mergulho, acampar e ver o pôr do sol todos os dias. Indico muito este lugar para quem não sabe para onde ir. Há muitos brasileiros e há tudo o que os brasileiros podem sentir falta ao sair do Brasil. Aqui você se sentirá em casa."
Pôr do sol visto do apartamento onde Diego mora
4 - Com o que trabalha e por que decidiu trabalhar com isso?
"Hoje eu trabalho com a comercialização de cursos online. A plataforma que mais utilizo é a Udemy (ao final da entrevista você encontra mais links para meus cursos). Escolhi trabalhar com isso pois me dá mais liberdade e eu trabalho quando eu quero, no projeto que eu quero. Além disto, é um trabalho satisfatório pois recebo o feedback dos alunos, pessoas que conseguem atingir seu objetivo seguindo meus cursos, então, é muito gratificante."

5 - Quais são suas dicas para organizar o trabalho como autônomo?
"Este é um ponto muito importante. O trabalho autônomo, se você não for muito organizado e disciplinado, não funciona. Não funciona mesmo! As 3 chaves aqui são 'disciplina, persistência e organização'. Logo que eu saí do meu trabalho normal com TI e decidir trabalhar por conta criando cursos, eu sentava na frente do computador, às vezes ficava 9, 10 horas trabalhando, mas parecia que não saía do lugar. A impressão era de que eu fazia muito mas não havia feito nada e o negócio não ia pra frente. Isso aconteceu pela minha falta de organização, de não ter um objetivo fixo e fazer um planejamento do meu dia. Hoje é tudo muito mais organizado e flui melhor. Eu utilizo um planner, o 'Productivity Journal" que me ajuda a planejar minhas tarefas do dia seguinte por ordem de prioridade e a estabelecer um tempo aproximado para a realização de cada tarefa. Estipulo blocos de tempo, em que cada bloco dura 25 a 30 minutos. Analiso cada tarefa a ser feita e aproximadamente quantos blocos precisarei para a realização de cada tarefa. Hoje eu me organizo muito bem e quando sento no computador para trabalhar, já sei tudo o que tenho que fazer e trabalho 4 horas por dia. Analisei o que acredito ser uma vida saudável. O dia tem 24 horas. Destas 24, é correto que durmamos 8 horas. Sobram 16 horas. Divido estas 16 horas em 4 partes de 4 horas. 1 parte dedico ao meu trabalho, outra parte ao "self care", cuidados comigo e com minha saúde por exemplo, outra parte dedico a relacionamentos, seja em redes sociais, com minha esposa, minha família, etc., e a última parte com diversão e aproveitamento da vida. O fato de eu saber que tenho 4 horas de trabalho por dia cronometradas, me faz ser mais focado e utilizar bem meu tempo para que meu trabalho renda. Não fico perdendo o foco com facebook e outros assuntos que não têm a ver com meu trabalho. Esta distribuição de horários é ótima para haver um equilíbrio da vida e para que possamos fazer outras coisas e não só trabalhar e trabalhar, pois assim, a vida não teria sentido."
Key West - Florida
6 - Seus ganhos costumam ser fixos ou variam bastante? Como faz para manter um equilíbrio na sua vida e se manter nesse sentido?
"Os ganhos não são fixos, eles dependem da qualidade e quantidade de trabalho que eu produzo a cada dia/mês. Eu tenho variadas fontes de receita, uma delas é a Udemy, tenho também cursos em outras plataformas, tenho o blog, entre outros. Todas estas formas de ganhos possuem uma faixa de receita mensal aproximada, porém, este valor pode subir bastante se eu produzir bastante e um trabalho de qualidade durante estas 4 horas por dia que eu tenho."
7 - Qual a melhor viagem que você já fez na sua vida e por que indicaria a outras pessoas?
"O Caminho de Santiago com certeza absoluta foi a melhor viagem da minha vida. Muitas pessoas não consegue entender, mas quando fazem o caminho, percebem a magia desta aventura. Eu recomendo para todo mundo. Você não precisa fazer por motivos religiosos. Pode ser por qualquer outro motivo, mas realmente vale muito a pena. É uma coisa inacreditável. Novamente, se quiser adquirir meu curso e estar mais por dentro desta viagem, acesse este link."

8 - Que conselho você daria para alguém que quer se tornar um nômade digital e oferecer um serviço de qualidade e organizado?

"Primeiramente você precisa achar alguma coisa que queira e consiga fazer pelos outros. Algo que possa também te dar liberdade. Existem muitos segmentos e um dele é ser youtuber ou blogueiro. E você não precisa viver somente da publicidade do youtube e do blog, mas utilizar estes meios também para direcionar seus seguidores para outras plataformas, para cursos, e etc. As opções são infinitas e depende dos gostos e habilidades de cada pessoa. O mais importante após decidido o que fazer é ter persistência. No início parece impossível e que nada vai para frente ou que não vai dar certo. Mas você não pode desistir e tem que saber que se outras pessoas estão fazendo, você também consegue fazer igual ou melhor. O seu potencial não tem limite. Existe um ditado em inglês que em português é mais ou menos assim: 'O que você acha que pode ou que não pode, de qualquer forma você está certo'. E há um outro que diz que 'O único limite que você tem é o limite que você coloca na sua mente'. Estas frases me ajudaram muito. E sobre o que fazer, uma outra ideia legal e é o que eu estou fazendo, é a criação e comercialização de cursos online na sua área de expertise. Indico a plataforma da Udemy e te convido para se inscrever no meu curso gratuito de como criar cursos para esta plataforma até mesmo sem aparecer na câmera, se não quiser. Basta clicar aqui para saber mais e se inscrever."

Visto do apartamento onde Diego mora
Muito legal né gente!!! As dicas do Diego são muito válidas para quem quer trabalhar com mais liberdade e no conforto de sua casa. Além de ser muito legal saber das histórias de viagem dele, o que o motiva a viajar e tudo mais que ele falou.
Diego, o blog "Quero ser nômade" e seus leitores agradecem muito a sua participação e compartilhamento de experiências e dicas para nos ajudar a ser mais organizados, nos planejarmos e termos uma vida mais equilibrada. :D
Abaixo seguem mais links interessantes do Diego:
Espero que tenham gostado desta entrevista e não se esqueçam de ficar ligados no blog para novidades!!! :)



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião. Será um prazer ler seu comentário! :)

TODOS OS POSTS DO BLOG!

RECEBER NOVIDADES VIA E-MAIL

PENSAMENTO DO MÊS!

PENSAMENTO DO MÊS!