16 de junho de 2016

COMO ECONOMIZAR NO INTERCÂMBIO (Como planejar seu intercâmbio de forma econômica)

E aí nômades e aspirantes a nômades, tudo bem com vocês?

Algum tempo atrás eu havia escrito um artigo para um site falando sobre "Quanto custa fazer um intercâmbio". Neste artigo citei os principais gastos com um intercâmbio e média de valores (o que é difícil precisar pois há muitos fatores que podem variar os gastos com a viagem).

Esta semana eu estive pensando na possibilidade de fazer um intercâmbio para aperfeiçoar meu francês, visto que é o idioma que estou estudando no momento e sou muito a favor de se fazer intercâmbios para pegar melhor a fluência dos idiomas e aprender com mais rapidez.

Estava toda empolgada fazendo planos, até que me dei conta de que na verdade não terei dinheiro para seguir nesta aventura de férias, pois estou pagando já outras compras e não sou rica (ainda rsrs) para economizar tanto dinheiro em poucos meses (o suficiente para realizar um intercâmbio) visto que para se fazer um intercâmbio, gastaria no mínimo uns 10 mil reais, analisando todos os gastos que teria.



Neste momento, eu pensei: "Por que tenho que fazer um intercâmbio caro e ir à falência se eu tenho tantos conhecimentos de como economizar em viagens e intercâmbios?".
É claro que se eu estivesse nadando em dinheiro e pudesse gastar bastante para planejar um intercâmbio com luxo e comendo nos melhores restaurantes, por que não? Mas não é o caso.

Eu ainda não sei ao certo para onde vou (há vários países que falam francês) e nem se conseguirei ir realmente. Mas acho que não custa sonhar e fazer planos. No final se eu conseguir pô-los em prática, melhor. :) E foi então que decidi juntar a lista de principais gastos com intercâmbio aqui e dar dicas de como vocês podem economizar com estes gastos.

A meta é que eu consiga fazer um intercâmbio com um valor em torno de R$ 5.000,00. Isto já é menos da metade de um intercâmbio normal em países da Europa, América do Norte, entre outros.

Obs: A minha ideia é fazer um intercâmbio com curso de idiomas por aproximadamente 1 mês. É claro que existe alguns tipos de intercâmbios que são muito caros e não há muito que se possa fazer para economizar pois se consegue apenas através de agências e os valores já são fixos e também há intercâmbios já normalmente econômicos como é o caso do intercâmbio de AU PAIR, especialmente para os EUA.

Vamos ver então quais os gastos previstos e como planejar e economizar no intercâmbio (curso de idiomas)



AGÊNCIA: Planejar um intercâmbio com agência tem seus benefícios e praticidade, mas no caso de querer economizar bastante, terá que planejar algo diferente e provavelmente por conta própria. Este então é um gasto eliminado.

VISTO: Analise a questão do visto antes de decidir para onde ir. É claro que, se você quer aprender um idioma que só é falado em um país ou sonha em conhecer um certo destino e não quer mudar de plano, provavelmente não terá muita opção. Mas se você quer, como eu por exemplo, aprender o francês e não tem destino definido, terá opção de Canadá, França, Bélgica, Suíça, entre outras opções. Se você estiver realmente apertado de grana, poderá optar por um país que não exige visto antecipado e terá um gasto a menos. Eu, por exemplo, sonho em conhecer o Canadá, mas se for em janeiro como é o previsto, não terei dinheiro para bancar o visto, portanto provavelmente optarei por um país europeu. O inglês é outro exemplo em que há diversas opções de destino. Você pode optar por Estados Unidos ou Canadá e gastar bastante com visto, ou ir por exemplo para Irlanda ou Malta, e economizar este dinheiro. Outro ponto interessante é analisar o câmbio da moeda local e custo de vida. Se Londres e África do Sul não exigem visto prévio para cursos de poucos meses e você não tem preferência por nenhum deles, poderá decidir optando pelo que possui o custo de vida e câmbio mais favorável.

PASSAGEM AÉREA: Esta é uma das piores partes e que não há como se livrar do custo. O que pode ser feito é se planejar com pelo menos dois meses de antecedência e economizar. Inclusive quanto antes se planejar, mais tempo terá para verificar se em algum momento surgirá alguma promoção e você poderá se dar bem economizando uma média de 20 a 50% do valor. Outra opção de economia são as milhas. Se você tiver milhas poderá usar para abater parte do valor ou o custo integral da passagem aérea.

Obs: Lembre-se que se estiver sem muito dinheiro, poderá parcelar a compra. 

Obs 2: Indico que instale no celular o aplicativo do site MELHORES DESTINOS pois assim poderá solicitar que o app te envie notificações quando houver novas promoções e assim não perderá nenhuma oportunidade de economizar. Há também outros sites para verificar bons preços como por exemplo, o SKYSCANNER.


CURSO: Os cursos podem variar muito o valor dependendo do país, cidade, frequência, tipo de escola, entre outros fatores. É interessante que pesquise em agências ou através da internet valores e principalmente, quais escolas são boas. Você pode até querer economizar, mas não adianta também estudar em uma escola ruim, onde vai passar toda a manhã ou toda a tarde de quase todos os dias da semana por todo o intercâmbio (os cursos costumam ser intensivos com duração mínima de 2 semanas e com aulas durante aproximadamente 4 horas pela manhã  ou pela tarde, de segunda à sexta-feira). Você pode orçar diretamente com a escola e com agências do Brasil. Muitas vezes as agências fecham parcerias com as escolas em que as elas pagam comissão para a agência e não você. Portanto o valor poderá ser o mesmo diretamente com a escola ou com uma agência. Neste caso poderá ser uma boa opção fechar com a agência, especialmente se ela parcelar o pagamento (sem juros).

MATERIAL ESCOLAR: As escolas terão o material de estudo que muitas vezes é um valor cobrado ao chegar na escola, outras vezes é cobrado antecipadamente. Mas quando trabalhei com agência de intercâmbios via escolas que permitiam que os alunos fizessem xerox do material ao chegar no destino, sem precisar comprá-lo. Verifique tudo isto com a agência ou diretamente com a escola e procure gastar o menos possível.

PRÉ-EMBARQUE: Este é o tipo de gasto que muitas pessoas não calculam e no fim das contas juntando um pouquinho aqui e outro pouquinho ali, vira uma boa grana no final do planejamento. Entre este gastos tem souvenirs que o intercambista pode desejar levar para a host family se ficar em casa de família, documentação que pode precisar providenciar, mala se não tiver, roupas que precise comprar adequadas para a temperatura do destino para onde vai, câmera fotográfica se quiser levar, entre outros. Isso tudo são gastos e devem ser calculados para que não tenha uma surpresa desagradável no final.

Obs: Pense muito bem nos gastos e decida o que realmente é importante e o que na verdade é supérfluo e desnecessário.

GASTOS LOCAIS: Estes também são gastos que devem ser planejados. Quando chegar ao seu destino, terá gasto do aeroporto até sua hospedagem, possivelmente transporte diário até a escola e para passeios, caso não fique acomodado em um local estratégico e próximo dos seus pontos de interesse, alimentação. Para analisar isso e saber quanto levar para estes gastos é muito importante que se pesquise o câmbio da moeda e o custo de vida local, além de saber que possibilidades pode ter de diminuir estes gastos, como andar de transporte público, comprar comida em locais mais baratos, etc.

HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO: Você vai se perguntar porque eu coloquei a hospedagem e alimentação no mesmo tópico, e sim, foi estratégico. Aqui eu vou deixar as minhas dicas de possibilidades que podem fazer a diferença mais "fatal" no seu orçamento e fazer com que você consiga realmente planejar seu intercâmbio com até R$ 5.000,00.
Seguem 5 principais opções de hospedagem que acho que são as melhores e mais econômicas (e já vai entender porque da alimentação no mesmo tópico):

1 - HOME STAY: Esta é a opção de casa de família. Para que seja algo mais confiável é interessante que se procure através de agência. O valor será muito mais econômico que se ficasse hospedado em um hotel, mas ainda é um gasto considerável. A parte boa é que muitas host families oferecem café da manhã e jantar incluso na estadia e isto diminuirá um tanto os seus gastos, visto que alimentação às vezes pode ser um custo alto em uma viagem.

2 - COUCH SURFING: Já fiz um vídeo no youtube e já dei uma entrevista falando de como funciona e sobre minha experiência com o Couch Surfing e acho que é uma opção válida pois não se paga hospedagem, além de normalmente poder cozinhar na casa do anfitrião. O mais difícil é encontrar um host que permita que você fique por semanas ou meses na casa dele e que você se sinta confortável com isso e com pouca privacidade.



3 - AIRBNB: Se você puder investir em hospedagem e for ficar semanas ou mais de um mês, é interessante que alugue um apartamente ou algo similar pois pode ser mais econômico que ficar em um hotel, e você terá privacidade. O AirBnb é um site muito famoso onde se pode locar apartamentos e casas diretamente com o proprietário e por todos os tipos de preços. Muita gente que conheço usa toda vez que vai viajar e se clicar neste link receberá créditos para gastar no site que foi oferecido para seguidores aqui do blog.
Outra opção seria ficar em um hostel que não é gratuito, porém é mais econômico que hotel.
Em ambas opções você poderá cozinhar onde estiver hospedado e isso lhe dará uma economia legal.

4 - VOLUNTURISMO: Agora sim vamos falar de REAL economia e o que estou planejando para mim. Já escrevi um artigo aqui para o blog falando sobre o volunturismo e sites onde você pode achar trabalho como volunturista. Resumidamente, você troca suas habilidades por hospedagem em diversas partes do mundo. Meu site preferido é o WORLDPACKERS e lá você pode buscar um hostel ou outro tipo de negócio para trabalhar, que seja localizado no país onde você quer estudar e em muitos casos eles oferecem quarto privativo (para quem tenha mais prioridade na sua hora livre) e todas as refeições. Você tem noção de quanta economia isso significa??? Além de tudo, isso significa uma experiência extra de trabalho internacional no seu currículo, uma chance maior de praticar o idioma com nativos e se tornar mais fluente e uma vivência internacional inesquecível! :D
É importante que você escolha um lugar que possua escola de idiomas próximo (caso realmente queira fazer curso) e que negocia para trabalhar em um turno e estudar no outro.

5 - HOUSE SITTING: Agora vamos para a última mas não menos importante possibilidade, aliás acredito que esteja disputando primeiro lugar com o volunturismo na minha humilde opinião. Na minha opinião House Sitting não deixa de ser um volunturismo, mas aí se trabalha para pessoas físicas e não jurídicas. Também escrevi um artigo sobre o House Sitting aqui para o blog com várias explicações e dicas. Vale a pena ler!!! Se quiser se especializar neste ramo de House Sitter e saber tudo sobre o assunto e fazer a melhor escolha, o melhor perfil nos site, etc., indico um guia baratinho que vale a pena. CLIQUE AQUI e saiba mais sobre este guia e adquira-o se desejar.


CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS

UFA! Estas são as 5 possibilidades e mais econômicas. Há quem decida fazer volunturismo e nem fazer curso de idioma, pois acha que trabalhando no destino terá bastante contato com nativos e praticará bastante. Mas isto vai de pessoa para pessoa.

SEGURO DE VIAGEM: Isto é indispensável em uma viagem, especialmente internacional. Há quem diga "Ah! Mas nunca me aconteceu nada!". Que bom! E que continue assim. Mas se acontecer, você tá ferrado e meio. Como diz meu pai, seguro de saúde e de carro é realmente pra pagar e rezar pra quem seja um dinheiro jogado no lixo. Pior é usar o dinheiro e algo ruim realmente acontecer, e muito pior ainda, você decidir não gastar este dinheiro e algo ruim acontecer. Deu pra entender?
Eu jamais viajo sem assistência internacional e é super necessário, até porque para entrada em diversos países é necessário que se tenha adquirido um seguro, caso contrário, você corre o risco de ser deportado. 
A melhor forma de economizar com isto é conseguindo promoções.Tenho duas opções aqui pra te oferecer que podem te ajudar a economizar:

Uma delas é da IAC que é uma assistência internacional muito legal que oferece 30% de desconto para seguidores daqui do blog QUERO SER NÔMADE. Basta usar o cupom desconto abaixo lá no site:


A outra opçõe é a REAL Seguros de viagem que também MARA porque é um site onde você pode orçar a sua assistência de viagem e poderá visualizar diversas opções com diferentes empresas. Aí pode selecionar a que achar melhor e que for um bom preço pra você. Além disso nesse site é possível parcelar o pagamento e comprar diretamente pela Real Seguros com segurança e praticidade. Clique aqui para fazer seu orçamento!

DINHEIRO PARA IMPREVISTOS: Para finalizar, não se esqueça de ter um extra para imprevistos. Sempre pode acontecer algo e você precisará ter de onde tirar. Quanto à forma de levar dinheiro para o exterior, você pode optar por dinheiro em espécie, cartão de crédito, traveller's checks, cartão pré-pago internacional, bit coin ou mais de uma forma em uma única viagem.



ALELUIA! Acabei... :) É que queria fazer bem completo para tentar ajudar você a poder realizar um intercâmbio sem ir à falência ou pior, que você fique tão apavorado com os valores que acabe sempre desistindo pois acha que nunca terá dinheiro ou que é um investimento absurdo.

Se eu seguir com meu plano de fazer o intercâmbio no início de 2017, eu vou dar aqui dicas aplicadas de como economizar no intercâmbio registrando aqui pra vocês como economizei, por qual forma de hospedagem eu optei e quanto gastei no fim das contas.

Espero que este artigo tenha sido útil para você e se quiser saber mais sobre o que é intercâmbio, tipos de intercâmbio e como planejar o seu, tenho um guia online que está com 50% de desconto para seguidores do blog e pode te auxiliar nesta jornada e planejamento. CLIQUE AQUI para conhecer o curso! :)


Não se esqueça de se seguir o blog "Quero ser nômade", curtir a fan page, seguir o instagrame se inscrever no canal do youtube para não perder nenhuma novidade!










Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião. Será um prazer ler seu comentário! :)

TODOS OS POSTS DO BLOG!

RECEBER NOVIDADES VIA E-MAIL

PENSAMENTO DO MÊS!

PENSAMENTO DO MÊS!