4 de maio de 2016

VOLUNTURISMO: Você sabe o que é isto e como participar?

As pessoas viajam há muitos anos, porém muitos vêm buscando novas formas de turismo e inclusive maneiras de economizar, para então, poder viajar mais.
O volunturismo é uma forma relativamente nova de se fazer turismo e também de se trabalhar em outros destinos podendo ser no seu próprio país ou no exterior. O melhor de tudo é que com este tipo de viagem que pode ser inclusive considerada um tipo de intercâmbio, você acaba economizando e viajando muito mais.


Mas como funciona esse tal volunturismo?


Volunturismo é uma mistura de trabalho voluntário com turismo. Neste segmento de viagens e intercâmbios, você troca suas habilidades por hospedagem além de diversas vezes também conseguir alimentação e outros benefícios.
Há disponibilidade de volunturismo em muitos países e em diferentes tipos de empreendimentos, desde a América do Sul até a Oceania, desde trabalho em hostels, até em fazendas sustentáveis.


Quais as habilidades buscadas pelas empresas?

Basicamente todo tipo de habilidade é bem-vindo, basta que você consiga encontrar uma "vaga" em um destino e negócio que te interesse e ao mesmo tempo que esteja interessado em serviços como os que você tem a oferecer.
Segue uma lista dos principais conhecimentos/áreas de estudo/cargos que estão frequentemente disponíveis para empresas que buscam volunturistas:

- Assistente administrativo
- Auxiliar de limpeza
- Camareiro (as)
- Recepcionista
- Guias de turismo
- Promotor (a) de festas
- Auxiliar de cozinha
- Cozinheiro (a)
- Bartender
- Garçom/Garçonete
- Fotógrafo (a)
- Músico
- Dançarino (a)
- Pintor (a)
- Auxiliar de colheita
- Jardineiro (a)
- Decorador (a)
- Web designer
- Administrador (a) de redes sociais
- Trabalho social
- Instrutor (a) de esportes
- Instrutor de idiomas
- Desenvolvedor (a) de sites
- Criador (a) e editor (a) de vídeos
- Entre outros...


Qual o período que posso permanecer como volunturista em um destino?


Geralmente os volunturistas viajam com visto de turista, então você deve se informar sobre qual será a validade do seu visto de turista no destino escolhido, bem como, qual o período mínimo e máximo exigido pelo "empregador" (na maioria dos casos de 2 semanas a 3 meses) e se organizar para que fique bom para você, para a empresa e que você não fique ilegalmente no país. Você pode fazer esta viagem em suas férias para aproveitar para viajar sem gastar muito, para conhecer outros destinos, culturas e idiomas, ou pelo motivo que te motivar. Mas você também pode decidir se tornar nômade e se organizar para juntar um trabalho em outro, um destino em outro e viver viajando trocando seus conhecimentos por hospedagem e possivelmente outros benefícios. Visto que neste tipo de trabalho você tem poucos gastos mas não tem ganhos, para se tornar um nômade com este tipo de viagens, é necessário que você consiga outro tipo de renda para se sustentar e conseguir pagar o transporte de um destino para outro. Há diversas idéias e sugestões deste tipo no blog, basta navegar e encontrar o que se encaixa melhor com você.


Quais os gastos que terei para ser um volunturista?


Você normalmente receberá gratuitamente hospedagem (podendo ser em quarto de hóspedes, em um local específico para funcionários daquele negócio, ou ainda ter um quarto só para você). Além disto há empresas que oferecem 1, 2 ou até as 3 refeições diárias, o que é ótimo, pois sabemos que alimentação é algo que pode aumentar e muito o gasto de uma viagem. Algumas empresas ainda podem se oferecer para lavar suas roupas ou ter um local destinado a isto que você poderá usar. Ainda existe a pequena possibilidade da empresa decidir dar a você o que chamamos de "pocket money", que é um tipo de mesada, uma ajuda de custo para te auxiliar com o transporte, outras refeições que não estão inclusas ou até em passeios (como preferir gastar). Todas estas informações costumam estar presentes no perfil da empresa em sites de volunturismo, e se você tiver alguma dúvida, poderá perguntar à própria empresa quando estiverem trocando mensagens/e-mails negociando sua "contratação".
Levando todos estes fatores em conta, chega-se à conclusão de que os principais gastos extras que você terá para realizar uma viagem como volunturista serão:

- Passagem aérea (ou o transporte que escolher para chegar até o destino)
- Seguro de viagem internacional (muito aconselhado para sua segurança e mesmo porque em diversos países é obrigatório ter um seguro para receber o visto de entrada)
- Refeições não inclusas pela empresa
- Passaporte e visto (se não tiver passaporte e se o visto for pago e tiver que solicitar antes de viajar)
- Gastos pessoais extras


Quantos dias e horas por semana trabalharei?


Isto é outro detalhe que normalmente é informado pelas empresas em seu perfil, mas caso contrário, basta que você converse abertamente com o "contratante" para esclarecer. Há todos os tipos de empresas. As que vão sugar tudo o que puderem de você fazendo com que trabalhe de 6 a 7 dias por semana chegando a 44 horas semanais, existem também as que farão você trabalhar muitos dias porém menos horas diárias para que você possa aproveitar o destino como turista nas horas livres, e existem por fim, as que entendem que você quer aproveitar também para passear, e pedem que você trabalhe de 2 a 4 dias por semana (às vezes poucas horas por dia, às vezes muitas) e deixam os outros dias livres seguidos, assim se você quiser viajar para um destino próximo por 2 ou 3 dias antes de iniciar a próxima semana de trabalho, você pode. É tudo uma questão de comunicação, negociação e você escolher o que acha que é viável para sua intenção de viagem.


Quem pode ser um volunturista?


Qualquer pessoa que goste deste estilo de viagem, que tenha a mente aberta, que possua algum conhecimento que as empresas estejam buscando, que seja maior de idade, que tenha uma disponibilidade para estar no destino por pelo menos 1 ou 2 semanas, que saiba que está indo para viajar e trabalhar e não só para turistar e enfim, que esteja de acordo com tudo o que foi citado acima e que possua os valores necessários para bancar o que não estiver incluso na viagem.


O que preciso fazer para me candidatar a uma vaga?


Você pode tranquilamente enviar e-mail ou aparecer de repente no estabelecimento e oferecer esta troca de serviços por hospedagem ou dar a sorte de encontrar uma vaga nas redes sociais, porém, na maioria dos casos e se prefere já estar em um ambiente onde terá contato apenas com empresas que já conhecem este tipo de intercâmbio e que estão inclusive buscando profissionais para ajudar em seus negócios, pode gostar dos sites que serão citados abaixo. Os sites são bem completos e interessantes. A maioria cobra taxas, porém geralmente não são caras, e alguns sites oferecem maneiras de ser isento das taxas. Além disto, na maioria deles é possível negociar com a empresa e ter acesso à todas informações, pagando a taxa apenas após confirmada a sua participação com a empresa. Outros cobram taxa de manutenção e incentivo para você criar seu perfil. Verifique o caso de cada uma.

Seguem alguns dos principais sites que oferecem este tipo de intercâmbio de volunturismo abaixo:

- WORLDPACKERS - Especialmente hostels, mas possui restaurantes, bares, hotéis, pousadas, escolas, etc. (Cadastre-se por este link e ganhe $10 em créditos)
- WWOOF - Principalmente fazendas orgânicas.
- HELPX - Fazendas, hotéis, hostels, vilas e ranchos.  
- WORK AWAY - Diversos tipos de oportunidades.

Fonte: Blog Worldpackers 

Você também pode buscar agências especializadas em trabalho voluntário ou simplesmente que tenhas esta opção disponível. Seguem algumas delas:

- CI
- EXPERIMENTO
- WORLD STUDY
STB
- INTERCULTURAL

Há tambem sites internacionais que podem te ajudar com isto também, seguem alguns:

- VOLUNTOURISM
- CREATIVE CORNERS
- GO DIFFERENTLY


Vale citar também que existem outras formas de volunturismo, como por exemplo, o "House Sitting" que você também troca seus serviços por hospedagem, mas neste caso, você geralmente fica numa casa de família cuidando da casa ou dos pets e "morando" lá sem custo, enquanto a família está viajando, mas para este tipo de intercâmbio, há um post específico sobre este assunto no blog. CLIQUE AQUI PARA LER!

Deixe nos comentários sua opinião ou dúvida sobre volunturismo e conte a sua experiência. Será um prazer ler!

Não esqueça também de seguir as redes sociais e o blog "Quero ser nômade" para estar por dentro das notícias e novidades em publicações de fotos, artigos e dicas e aproveitar melhor planejando mais eficientemente sua vida nômade! :)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião. Será um prazer ler seu comentário! :)

TODOS OS POSTS DO BLOG!

RECEBER NOVIDADES VIA E-MAIL

PENSAMENTO DO MÊS!

PENSAMENTO DO MÊS!